Vamos conversar! 13 dicas para prevenir ou tratar a depressão

Como me reencontrei profissionalmente
13 de maio de 2017
A carreira e o futuro: uma missão de vida
13 de maio de 2017
Mostrar todos

Vamos conversar! 13 dicas para prevenir ou tratar a depressão

O Dia Mundial da Saúde de 2017, comemorado recentemente, em 7 de abril, deu início a uma campanha sobre depressão, transtorno que pode afetar pessoas de qualquer idade em qualquer etapa da vida, e levar a graves consequências.  Com o lema “Let’s talk” (“Vamos conversar”), a iniciativa reforça que existem formas de prevenir a depressão e também de tratá-la.

Os números são assustadores! Estima-se que cerca de 350 milhões de pessoas em todo o mundo, de todas as idades, sofrem com esse transtorno. A depressão afeta um total de 11,5 milhões de brasileiros, e segundo dados da Organização Mundial da Saúde, o Brasil é o país com maior prevalência de depressão na América Latina.

Um dos fatores importantes na depressão é o stress elevado, que pode tanto favorecer o aparecimento da doença como ser consequência desta. A depressão é a principal causa de incapacidade em todo o mundo, e contribui de forma muito importante para a carga global de doenças, estando muito associada a problemas cardíacos, câncer, diabetes, entre outras.

Depressão não é preguiça, e muito menos frescura!

Talvez você seja ou já tenha sido vítima dessa doença. Talvez tenha alguém perto de você que esteja sofrendo com esse mal e a quem você pode ajudar. Conversar abertamente sobre a depressão é o primeiro passo para entender melhor o assunto, reduzir o estigma associado a ela e aumentar as chances de as pessoas buscarem ajuda, pois muitas escondem seus sintomas ou sentem constrangimento, por preconceito.

É importante ficar alerta aos principais sintomas da doença, que podem se manter por semanas ou meses.

  • Tristeza, irritabilidade, ansiedade ou angústia
  • Perda do prazer de realizar as atividades que gosta
  • Baixa energia para fazer as coisas
  • Agitação ou lentificação psicomotora
  • Pensamentos negativos e pessimistas – tudo é visto num tom cinzento
  • Perda de esperança
  • Isolamento social
  • Dificuldade de concentração – o raciocínio fica mais lento
  • Alterações no sono
  • Mudanças no apetite
  • Baixa libido

A depressão pode causar intenso sofrimento e gerar impactos negativos em todas as áreas da vida, e quando é grave pode levar ao suicídio. Cerca de 800 mil pessoas morrem dessa forma a cada ano – sendo a segunda principal causa de morte entre pessoas com idade entre 15 e 29 anos em 2015.

A depressão pode e deve ser tratada

Existem diferentes tipos de depressão e de diferentes intensidades. Para cada caso se aplicam tratamentos distintos, embora a psicoterapia seja sempre recomendada. Os antidepressivos podem ser eficazes, mas devem ser utilizados com cautela e de acordo com cada quadro.

Se você quer prevenir e/ou sair da depressão, aqui estão 13 dicas valiosas:

  1. reconheça as suas forças e potencialidades;
  2. saia da postura de vitimização;
  3. agradeça mais e reclame menos;
  4. encontre um significado e propósito para a sua existência;
  5. procure viver uma vida equilibrada;
  6. encare os problemas sem jogá-los para debaixo do tapete;
  7. foque nas soluções e não nos problemas;
  8. inclua atividades prazerosas na sua rotina;
  9. pratique uma atividade física regular;
  10. construa e mantenha relacionamentos significativos;
  11. desenvolva a capacidade de se abrir com pessoas em quem você confia;
  12. respeite os seus limites e aprenda a delegar;
  13. procure a ajuda de um psicólogo.

Se você gostou deste artigo e acha que ele pode ser útil para outras pessoas, curta e compartilhe.

Se tiver perguntas, comentários ou sugestões de pauta, nos deixe saber!

Rosalina Moura
Psicóloga especialista em gerenciamento do stress. Terapeuta individual, de casais e de família. Coach de Bem-Estar e de Emagrecimento. Palestrante. Diretora da Rumo Saudável. Colaboradora em programas de Rádio e TV.

” Conteúdos com reflexões, ideias e ferramentas que levem à saúde integral, ao equilíbrio emocional, ao crescimento e prosperidade das pessoas. Parada necessária para a tomada de consciência sobre os caminhos que escolhemos, percorremos e onde estamos agora. Parada para descobrir como construir novas estradas, que levem a lugares desejados e diferentes dos até então visitados. Parada para descobrir coisas sobre si mesmo, suas forças e como se libertar das crenças limitantes que te impede de ser tudo o que você pode ser.”

Saiba mais sobre Rosalina

Rosalina Moura
Rosalina Moura
Psicóloga especialista em gerenciamento do stress. Terapeuta individual, de casais e de família. Coach de Bem-Estar e de Emagrecimento. Palestrante. Diretora da Rumo Saudável. Colaboradora em programas de Rádio e TV. ” Conteúdos com reflexões, ideias e ferramentas que levem à saúde integral, ao equilíbrio emocional, ao crescimento e prosperidade das pessoas. Parada necessária para a tomada de consciência sobre os caminhos que escolhemos, percorremos e onde estamos agora. Parada para descobrir como construir novas estradas, que levem a lugares desejados e diferentes dos até então visitados. Parada para descobrir coisas sobre si mesmo, suas forças e como se libertar das crenças limitantes que te impede de ser tudo o que você pode ser.” Saiba mais sobre Rosalina