Coragem para agir com o coração

Esperançar – o superpoder do que deve ser feito
14 de junho de 2018
O desafio de fazer o simples
19 de junho de 2018
Mostrar todos

Coragem para agir com o coração

Coragem

“Frequentemente é necessário mais coragem para ousar fazer certo do que temer fazer errado.”

Abraham Lincoln

 

É preciso coragem para viver, para amar, para ser e estar. Uma qualidade tão importante que existe um dia para se comemorar: Dia 06 de maio.

É preciso coragem para viver corretamente, para lutar pelo que se acredita, para ir em frente quando tudo parece desmoronar.

Coragem para fazer a diferença e para reconhecer quando estamos errados.

Acredito ser a coragem uma qualidade que nem todos possuem. Todos nós sem exceção já passamos por situações que nos fizeram ter vontade de fugir, de correr para não enfrentá-las, por serem situações dolorosas ou que nos apresentavam algum perigo. Aqueles que enfrentam essas situações são diferentes das pessoas, digamos… “comuns”. São pessoas que causam admiração e inveja. Ter coragem é superar o medo.

É preciso coragem para reconhecer que às vezes desperdiçamos tempo e sentimento com pessoas que não tem nenhuma função, nenhum valor, que não agregam que só estão fazendo figuração na nossa vida, e ainda nos sugam.

Quanta energia desperdiçada

Desperdiçamos energia com situações e com coisas também, muitas vezes pelo simples fato de não saber dizer não. É a falta de coragem falando mais alto, não nos deixando agir com o coração. Temos que tirar da nossa vida o que não nos faz bem.  E isso inclui algumas amizades em que tu percebes que o amigo é só tu.

Mas é preciso coragem também para aceitar a felicidade. Sim! Quantas vezes nos boicotamos por medo de ser feliz, ou por acharmos que não merecemos tanta felicidade, por não acreditar em nós mesmos e pensar que essa história de ser feliz é um passo para algo ruim que vai chegar e nos desestabilizar, causando sofrimento. Recuamos e tentamos não parecer tão felizes. Melhor não demonstrar tanto, afinal, dizem que a inveja mata.

É meus caros, tenho que dizer que até para ser feliz precisamos de coragem. Minha felicidade pode “incomodar” os mais “sensíveis”. Precisamos de coragem para mudar aquilo que não está bom, a nossa vida, o rumo da nossa trajetória, sair da zona de conforto, daquilo que já não nos preenche, pelo contrário, causa um desconforto. É preciso coragem para romper com paradigmas. É preciso coragem para entrar em um relacionamento e coragem para sair dele, quando já não nos preenche, quando já não faz crescer.

Que tal agir com mais coragem?

Quando agimos conforme aquilo que pensamos, e de acordo com nossa consciência e nosso coração, estamos agindo com coragem.

Os desafios surgem a todo o momento, uns menores outros maiores, faz parte de viver. Somos capazes de enfrentá-los, basta tomarmos consciência da nossa capacidade e transformar o medo em um impulso de coragem e fazer a diferença.

Algumas decisões que sabemos que vão mexer profundamente com a nossa vida exigem mais tempo e atenção, um olhar mais minucioso e uma visão das perspectivas que se apresentam.  Depois de pensar e analisar, é jogar o medo fora e ir, sobretudo em frente, porque a vida não espera. Se terei a certeza de que estou fazendo o certo? Não sei só o tempo dirá. Mas escolhas precisam ser feitas sempre, até quando escolho não fazer nada, já estou escolhendo, como diz a letra da canção de Charlie Brown Jr:

Cada escolha uma renúncia, isso é a vida…

E viver minha gente é muito bom. Experiências mil, todo tipo de emoção, risos, lágrimas de dor, de felicidade, sonhos, vivências, aprendizados, um turbilhão de sensações, desejos, renúncias, escolhas, algumas boas, outras não tão acertadas assim, mas nos fazendo sentir vivos, parte de algo, parte da vida.

Viver é um ato de coragem que requer um conhecimento de nós mesmos, das nossas vontades, dos nossos desejos, nossos sonhos, nossas limitações. As possibilidades de acertarmos são enormes quando o desejo vem da alma, daí nos surpreendemos com a coragem que nem sabíamos que possuíamos, que brota da nossa essência de sermos muito mais que corpo. Somos seres únicos com infinitas capacidades, somos seres sempre em construção. Somos alma antes de tudo.

Se você acha que a coragem é para quem não tem medo, se engana. A coragem é para quem é forte, para quem tem força de agir para mudar uma situação difícil, para quem quer fazer a diferença, para quem consegue ser da maneira que é sem importar com o que os outros vão pensar. É lutar pelo que se acredita e ir atrás dos seus sonhos. Viver é correr riscos, é se aventurar a todo instante. Como diz Guimarães Rosa em “O Grande Sertão Veredas”

“O correr da vida embrulha tudo.
A vida é assim: esquenta e esfria,
aperta e daí afrouxa,
sossega e depois desinquieta.
O que ela quer da gente é coragem.”


Aproveite para ler: Amor, um sentimento que permeia nossa existência


Cadastre abaixo o seu e-mail e receba os destaques do nCiclos

Mariene Hildebrando

Mariene Hildebrando

Natural de Porto Alegre, Mariene é advogada formada pela PUC-RS, professora de Direito e especialista em Direitos Humanos. Escritora nas horas vagas. Apaixonada por viagens, por pessoas, música e poesias. Adora escrever, trocar ideias e apostar no ser humano sempre. Ela que é mãe de duas meninas lindas (adultas já), acredita firmemente que o amor move o mundo e é só através de relações de amor e doação que conseguimos ser inteiros e mais felizes.

“Escrever é algo que me deixa muito feliz. Sou, professora, adoro dar aula, é algo que me desafia sempre, sou intensa e muito distraída”.

Saiba mais sobre Mariene

Mariene Hildebrando
Mariene Hildebrando
Mariene Hildebrando Natural de Porto Alegre, Mariene é advogada formada pela PUC-RS, professora de Direito e especialista em Direitos Humanos. Escritora nas horas vagas. Apaixonada por viagens, por pessoas, música e poesias. Adora escrever, trocar ideias e apostar no ser humano sempre. Ela que é mãe de duas meninas lindas (adultas já), acredita firmemente que o amor move o mundo e é só através de relações de amor e doação que conseguimos ser inteiros e mais felizes. “Escrever é algo que me deixa muito feliz. Sou, professora, adoro dar aula, é algo que me desafia sempre, sou intensa e muito distraída”. Saiba mais sobre Mariene
0