Psicologia Positiva e Nutrição: Uma parceria de sucesso!

perdidos
Cuide de seus achados e esqueça seus perdidos.
20 de setembro de 2018
Superando limites para alcançar o sucesso
4 de outubro de 2018
Mostrar todos

Psicologia Positiva e Nutrição: Uma parceria de sucesso!

Nutrição, dieta, alimentação

No dia 13 de setembro ministrei a palestra “Usando a Psicologia Positiva no Atendimento Nutricional” durante o XIV Congresso Internacional de Nutrição Funcional. Esta é uma visão inovadora de como integrar ferramentas e conceitos da Psicologia Positiva no atendimento nutricional.

A Psicologia Positiva é um movimento científico recente, iniciada na década de 1990, que foca nos aspectos “positivos” dos seres humanos – em suas forças, virtudes e potencialidades. Neste processo, focamos no que “da certo”, nos sucessos e qualidades para promover o funcionamento do ser humano e as instituições de forma plena, conceito conhecido como “florescimento.”

Através de pesquisas nesta área, foram identificados os principais componentes que potencializam o bem-estar. São eles: emoções positivas, engajamento, relacionamentos, propósito e realização, sendo relacionamento o mais importante e determinante para o bem-estar.

Baseado nestes conceitos, o atendimento nutricional pode ser transformado e aprimorado para garantir maiores resultados. Primeiramente, deve ser estabelecido um vínculo positivo com o paciente. Para isso, o profissional deve empregar habilidades como a escuta ativa e estar totalmente presente durante suas consultas para estabelecer um laço duradouro e de confiança com seu paciente. Além disso, o foco do atendimento deve ser sempre nos sucessos: o que deu certo em relação ao plano alimentar? Quais foram as conquistas? E estas precisam ser celebradas sempre, por menor que sejam!

Muitas vezes, as sessões são dirigidas pelos fracassos com o paciente relatando tudo que não deu certo – todas as “jacadas” da semana – e para aumentar a autoestima e a auto-eficácia, é necessário a mudança de abordagem para os passos sendo dados na direção correta.

Criar um relacionamento positivo com a alimentação

Por último, deve ser promovido o estabelecimento de um relacionamento positivo entre a alimentação e o cliente. O profissional pode sugerir diversas formas de vivenciar alimentos para que o paciente amplie sua consciência e aprenda a apreciar a alimentação como um ato muito além do físico.

O gesto de “saborear” a comida é uma experiência complexa e deliciosa e ao dedicar tempo e energia para realmente apreciar cada alimento, torna-se um processo muito mais saudável. O conceito de alimentação saudável sob a perspectiva da Psicologia Positiva engloba não só as propriedades nutricionais, mais a relação com a alimentação. Com as ferramentas adequadas, o nutricionista poderá ser um agente transformador e catalisador de mudanças alimentares.


Aproveite para ler: Alimentação Afetiva: Aprendendo a Saborear os Alimentos


Cadastre abaixo o seu e-mail e receba os destaques do nCiclos

Sharon Sarah Sachs Feder

Psicóloga formada pela Brown University (EUA) e Coach de Saúde e Bem-Estar. Sócia e diretora administrativa da Carevolution Consultoria em Saúde e Bem-Estar.

“Transformar a realidade que atuamos para incluirmos novos modelos de gestão de saúde que sejam mais eficientes, empáticos, mensuráveis e personalizados. ”

Saiba mais sobre Sharon

Sharon Sarah Sachs Feder
Sharon Sarah Sachs Feder
Psicóloga formada pela Brown University (EUA) e Coach de Saúde e Bem-Estar. Sócia e diretora administrativa da Carevolution Consultoria em Saúde e Bem-Estar. “Transformar a realidade que atuamos para incluirmos novos modelos de gestão de saúde que sejam mais eficientes, empáticos, mensuráveis e personalizados. ” Saiba mais sobre Sharon
0